Atendimento – LGBTI

Reunimos aqui materiais desenvolvidos pelo ACNUR e por iniciativas de governos locais e organizações independentes que não fazem parte do ACNUR, mas estão contribuindo com esforços no combate à pandemia.

Para saber mais informações, clique aqui.


LGBTI - Informações e direitos no contexto COVID-19

Material disponível em espanhol, inglês e francês.

Para baixar o poster em espanhol, clique aqui.

 

17 de Maio – Dia internacional contra a homofobia, transfobia e bifobia.

Hoje promovemos e defendemos que todas as pessoas refugiadas, solicitantes  de refúgio e apátridas LGBTI possam receber proteção, assistência, viver de maneira digna, segura e tenham seus direitos garantidos.

Em tempos de pandemia, ative sua rede de afetos, transforme a distância física e comemore o dia e as conquistas.

Com a COVID-19, pessoas refugiadas LGBTI podem estar mais vulneráveis e expostas a riscos de saúde e sem medidas de proteção suficiente. Sabemos que o isolamento é necessário, porém, traz desafios. Se os seus direitos foram violados, DENUNCIE! Você pode denunciar ligando paro o disk 100, linha voltada para a defesa dos direitos humanos.

Além dos riscos físicos, também sabemos da maior probabilidade de exposição a falta de medicamentos e/ou tratamento para doenças crônicas. Se você está buscando cuidados específicos de saúde e necessita de medicamentos (incluindo para tratamento de HIV e infecções de transmissão sexual), busque as unidades de saúde básica mais próximas. Você tem direito a serviços públicos de saúde em caso de contrair a COVID-19.

Caso a sua vulnerabilidade seja financeira e você se encontre sem trabalho, podes recorrer ao “Auxílio emergencial” do governo para sobreviver ao impacto econômico da pandemia. Se assegure de registrar sua solicitação nos canais oficiais do governo, lembramos que todos os tramites são gratuitos.

Com a COVID-19 pessoas refugiadas LGBTI podem estar mais vulneráveis à riscos mentais e psicológicos, exploração trabalhista ou sexual, dentre outras violações dos seus direitos.

Caso qualquer situação listada acima ocorra com você ou pessoa conhecida sua, busque apoio e DENUNCIE! Você pode denunciar pelo disk 100 ou pela plataforma HELP clicando aqui.

Esta é uma campanha do ACNUR em parceria com o ministério da mulher, da família e dos direitos humanos e do governo federal brasileiro.


São Paulo - Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania


Mapa da Solidariedade - Levantamento de iniciativas emergenciais em todo Brasil

Clique na imagem para baixar o arquivo.