Universidade Federal do Amapá abre vagas para o Mestrado Profissional em Estudos de Fronteira

A Universidade Federal do Amapá abrirá 21 vagas para o Mestrado Profissional em Estudos de Fronteira, em que 1 dessas vagas será exclusiva para pessoas migrantes, refugiados, solicitantes de refúgio ou apátrida. As inscrições começam no dia 14/08 e finalizam no dia 31/08.

O mestrado tem duração de um ano e para se inscrever é necessário acessar o site, preencher o formulário online e anexar, em formato PDF, o Pré-Projeto de Pesquisa. Além disso,  os candidatos migrantes, refugiados, solicitantes de refúgio ou apátrida deverão anexar, em formato PDF, documento do Ministério da Justiça brasileiro apto a demonstrar sua situação de migrante, refugiado, solicitante de refúgio ou apátrida.

O processo seletivo é composto por 4 (quatro) fases:

1ª Fase: Avaliação do Pré-Projeto de Pesquisa, que deve ser anexado no ato da inscrição.

2ª Fase: Prova escrita a ser realizada no dia 09/09/2019.

3ª Fase: Entrevista marcada para o dia 16/09/2019.

4ª Fase: Avaliação do Currículo com títulos acadêmicos, atividades de pesquisa e produção intelectual dos últimos 5 (cinco) anos (de 2015 até 2019).

Além disso, os candidatos deverão comprovar proficiência em Língua Inglesa ou em Língua Francesa, podendo realizar a Prova de Proficiência em Língua Estrangeira elaborada e aplicada durante o Processo Seletivo de ingresso no PPGEF.

Para mais informações, acesse o edital.